Bahia,
 
Página Inicial
Perfil do Velame
Adicionar a Favoritos
TEATRO VAI AOS BAIRROS
 
Reportagens
Viva Voz
Cinema
 
 
 
 

Enviado por Rafael Velame - 21.3.2017 | 18h26m
#Câmara de Feira
Ronny justifica ausência em sessões tumultuadas

As duas últimas tumultuadas sessões na Câmara de Feira de Santana não contaram com a presença do presidente do legislativo, o vereador Ronny (PHS). Ao blog do Velame, o vereador informou que sua família passa por um momento delicado e por isso está ausente das sessões. O cunhado do vereador teve uma complicação médica ao realizar cirurgia bariátrica e está internado em estado crítico no Hospital da Bahia, em Salvador. “Minha família precisa da minha presença nesse momento, ele é como um irmão pra mim”, justificou. A sessão desta quarta-feira (22) também será presidida pelo vice-presidente, o vereador Tom (PEN).   
 
 
 

Enviado por Rafael Velame - 21.3.2017 | 17h38m
#Câmara de Feira
Previdência: confusão, cadeirada e pedido de anulação na Câmara de Feira

Previdência: confusão, cadeirada e pedido de anulação na Câmara de Feira

Apesar da confusão causada pelos professores manifestantes, foi aprovado em primeira discussão na sessão desta terça-feira (21), o Projeto de Lei que altera o valor da alíquota da previdência municipal em Feira de Santana. A segunda votação deve acontecer nesta, quarta-feira (21), e caso seja aprovado os servidores passaram a contribuir com 13% até 2019.  Liderados pela presidente da Associação de Professores (APLB), Marlede Oliveira, alguns professores subiram na bancada destinada a imprensa e ameaçaram quebrar o vidro que separa a galeria do plenário. Um professor não identificado chegou a arremessar uma cadeira no vidro e logo depois fugiu. Foi necessária a intervenção da Polícia Militar para que os ânimos se acalmassem.   O projeto recebeu voto contrário do vereador Isaías de Diogo (PSC) e a abstenção da vereadora Eremita Mota (PSDB). O vereador Alberto Nery (PT) informou ao Blog do Velame que vai entrar com um pedido de anulação da sessão. A sessão foi suspensa enquanto ele discursava contrário ao projeto e retomada já com votação aberta no painel, sem que o oposicionista tivesse votado. 


 
 

Enviado por Da Redação - 21.3.2017 | 16h55m
#Política
Angelo Almeida representa AL em seminário sobre Síndrome de Down

Angelo Almeida representa AL em seminário sobre Síndrome de Down
O deputado estadual Angelo Almeida (PSB-BA) participa, nesta terça-feira (21), do seminário “IR e VIR com independência - Empoderamento de Pessoas com Síndrome de Down”, no Senado Federal, a convite do senador Romário (PSB-RJ). O deputado baiano é presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos e Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência da Bahia. De acordo com Angelo sua participação no evento, realizado no Dia Internacional da Síndrome de Down, possibilitará a troca de experiências e contribuirá com ideias que poderão subsidiar os trabalhos da Frente Parlamentar. “O senador Romário tem a causa das pessoas com deficiência como uma bandeira de luta e isso se assemelha ao nosso mandato, que vem dialogando com os autistas, as Apaes e outras entidades da sociedade civil. Portanto, o nosso papel com a Frente Parlamentar é o de fazer a interlocução com o governo do Estado para garantir que as políticas públicas cheguem para quem mais precisa ”, destaca o deputado. Para o senador Romário essa é a oportunidade de abrir os microfones para que pessoas com síndrome de Down falem sobre como conquistaram autonomia na vida profissional e pessoal. Ele cita o exemplo de sua filha Ivy, que completa 12 anos este mês, e tem um canal no youtube. “Eu acompanho de perto o desenvolvimento da Ivy e de outras pessoas com a síndrome. Não há barreiras que as impeçam de evoluir. Então, temos que compartilhar com outros pais essa fórmula de incentivo que permita o pleno desenvolvimento de uma vida plena”, declara o senador.
 
 

Enviado por Agência Câmara - 21.3.2017 | 9h25m
#Brasília
Motorista pode ficar isento de pedágio dentro de período de 20 minutos

Proposta em análise na Câmara dos Deputados isenta o usuário de rodovia privatizada de realizar novo pagamento de pedágio dentro de um período de 20 minutos. A medida está prevista no Projeto de Lei 5366/16, da deputada Renata Abreu (PTN-SP). Segundo o texto, contratos de concessão de rodovias federais em vigor deverão ser adaptados para a nova regra, fixando penalidade ao concessionário de rodovia federal pelo descumprimento da medida. “O usuário que comete um engano na rota que deveria cumprir e precisa retornar ao ponto de onde havia partido não deveria ser obrigado a pagar uma vez mais pela travessia na praça de pedágio, se o fez há muito pouco tempo”, argumenta a deputada. Para Renata Abreu, não é justo que o motorista que se se enganou seja “punido” com novo pagamento de tarifa, embora a contribuição para a ocupação e o desgaste da rodovia continue sendo rigorosamente a mesma, em comparação com a outra situação descrita. “O tempo, embora um pouco mais longo do que o usualmente adotado para liberar os motoristas do pagamento por uso de alguns estacionamentos públicos ou de shopping centers, cerca de quinze minutos, está em patamar adequado, de vez que não é fácil realizar manobra de retorno em vias expressas”, avalia a autora. O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Viação e Transportes; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
 
 

Enviado por Da Redação - 20.3.2017 | 17h14m
#Câmara de Feira
Tourinho não se intimida com ameaça de CPI e critica vereador

Tourinho não se intimida com ameaça de CPI e critica vereador
Na sessão ordinária desta segunda-feira (20), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Roberto Tourinho (PV) repercutiu a intenção da abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito- CPI, solicitada pelo edil Isaías de Diogo (PPS) para apurar a construção de um supermercado nas mediações da Lagoa do Subaé.  A construção aconteceu na época que Tourinho era secretário de Meio Ambiente. Segundo Tourinho é de suma importância que a Casa da Cidadania dê continuidade aos atos iniciados em plenário. “O vereador Alberto Nery anunciou que deu entrada no Ministério Público sobre as obras construídas nas mediações da Lagoa Subaé. Gostaria de solicitar que o colega faça um requerimento pedindo ao MP empenho na averiguação dessa obra”, pediu. Em aparte, o vereador Alberto Nery (PT) afirmou que deixará os requerimentos feitos por ele ao MP nos anais da Casa. Tourinho sugeriu mais que o pedido de CPI, solicitado por Isaías de Diogo, tenha continuidade. “Não posso permitir que alguém use suas digitais a serviço de outrem que gostaria de fazer, mas é mais conveniente fazer por aquele que tem mãos solícitas. A este vereador eu digo: muitos são os chamados, mas poucos são os escolhidos”, pontuou. Roberto Tourinho disse não ter dúvida sobre a transparência do Governo e deseja que, após a aprovação da CPI, ele seja o primeiro a ser ouvido. “Com certeza serei ouvido, até porque sou parte neste processo. Mas, gostaria de esclarecer às pessoas que não têm domínio do assunto que não estamos falando de área pública, não estamos falando de área de lagoa, o que existe é uma construção num área denominada pelos técnicos de área molhada, ou seja, aérea próxima à lagoa, sendo respeitado o que se determina a Lei”, explicou.   O edil insinuou que Isaias usou o argumento da CPI a mando de alguém para intimida-lo já que votou contra emenda que permite novamente reeleição da mesa diretiva da Câmara. “Não me colocam sob suspeita e carecem de legitimidade porque os verdadeiros autores não têm coragem de aparecer e usam pessoas como o senhor, que têm mãos solícitas, para fazer papel ‘sujo’. Existe isso em todos os parlamentos. Digo mais que no dia da votação do pl ouvi um vereador dizer a este colega para tratar sobre a área da lagoa. Portanto, espero que esta Casa aprove esta CPI e que seja instaurada e todos possam ser ouvidos”, disse. Isaías, por sua vez, preferiu declinar o tempo que tinha direito para responder e ouviu calado tudo que foi dito. 
 
 
 

Enviado por Da Redação - 20.3.2017 | 17h00m
#Política
PSOL realiza seminário regional em Feira de Santana

O Seminário Regional do PSOL Bahia, que vem ocorrendo desde junho do ano passado em diversas localidades do estado, será realizado na região de Feira de Santana no dia 25 de março. A atividade contará com a presença da militância partidária de 10 municípios diferentes, além de pessoas não filiadas, interessadas no PSOL ou nas temáticas colocadas para debate e que desejam participar. Integram esta edição do Seminário os municípios de Feira de Santana, Conceição da Feira, Conceição do Jacuípe, Coração de Maria, Santo Estevão, Monte Santo, Serrinha, Santa Bárbara, Valente e Castro Alves. Através da reflexão sobre questões locais de cada região e municípios e do compartilhamento de ideias e experiências, o Seminário articula e consolida redes entre a militância partidária de todo o estado. Esse movimento fortalece as frentes de luta e a capacidade de enfrentamento político do PSOL em cada localidade e colabora com o aprofundamento da compreensão sobre a realidade baiana. Dividida em dois momentos, a atividade debaterá, inicialmente, a temática "O que é socialismo e o que temos a ver com isso?" e, em seguida, o tema "Direito à cidade: gênero, educação e reforma urbana". O Seminário ocorrerá no Auditório do Colégio Agostinho Fróes da Mota, na Rua Álvaro Simões, s/n, Centro (próximo ao Fórum Desembargador Filinto Bastos), das 08:30 às 17:00.
 
 
 

Enviado por Da Redação - 20.3.2017 | 0h33m
#Micareta de Feira 2017
Donos de camarotes são alertados quanto ao prazo para entrega de projetos

O cumprimento do prazo para apresentação do projeto de engenharia para montagem dos camarotes foi uma solicitação feita pelo secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Borges, durante a primeira reunião da FPI (Fiscalização Preventiva Integrada), realizada semana passada. Os donos de camarotes têm até o dia 3 de abril para apresentar o projeto, conforme já foi divulgado em edital. Segundo o titular da pasta, isso contribui na organização para a realização da Micareta, que neste ano vai acontecer entre os dias 18 a 21 de maio. A partir do dia 18 de abril, o sítio da festa – avenida Presidente Dutra – estará liberado para a montagem das estruturas. “A fiscalização quanto ao cumprimento de prazos será rígida”, afirmou Edson Borges. Ele também solicitou que os proprietários “obedeçam a demarcação do solo. Não há porquê invadir espaço. Por isso, pedimos que todos tenham bom senso, pois esta é uma festa coletiva e todos têm que seguir as normas de segurança em favor da coletividade”. Durante a reunião, realizada no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, foi informado que não será permitido erguer qualquer que seja a estrutura embaixo da rede de alta tensão. “Quanto a isso também pedimos a compreensão. Vamos preservar a segurança”, pontuou Edson Borges.
 
 

Enviado por Agência Câmara - 19.3.2017 | 18h55m
#Brasília
Projeto que regulamenta a terceirização é destaque da pauta do Plenário

O projeto de lei que permite a terceirização de todas as atividades da empresa é o destaque da pauta do Plenário para os dias 21 a 23 de março. Os deputados precisam analisar o substitutivo do Senado ao PL 4302/98, do Executivo. A matéria é o único item previsto para a próxima terça-feira (21). De acordo com o texto dos senadores, quanto às obrigações trabalhistas haverá a responsabilidade subsidiária da empresa contratante em relação à responsabilidade da empresa de serviços terceirizados. Parecer unânime aprovado pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público mantém a responsabilidade solidária, conforme texto da Câmara. As mudanças ocorrem na Lei 6.019/74. Na responsabilidade subsidiária, os bens da empresa contratante somente poderão ser penhorados pela Justiça se não houver mais bens da terceirizada para o pagamento da condenação relativa a direitos não pagos. Na solidária, isso pode ocorrer simultaneamente. Contratante e terceirizada respondem ao mesmo tempo com seus bens para o pagamento da causa trabalhista. O projeto também regulamenta aspectos do trabalho temporário, aumentando de três para seis meses o tempo máximo de sua duração. Para o relator, deputado Laercio Oliveira (SD-SE), o texto vai incentivar contratações ao modernizar as regras trabalhistas e criar uma lei específica sobre terceirizações. "Essa proposta não é a solução definitiva para o desemprego, mas é um facilitador porque traz segurança jurídica. Hoje quase sempre as consequências de contratos malfeitos recaem sobre o trabalhador terceirizado", diz. 
 
 

Enviado por Agência Câmara - 18.3.2017 | 5h23m
#Brasília
Proposta concede visto permanente a cubanos do programa Mais Médicos

A Câmara dos Deputados analisa proposta que concede visto permanente aos cubanos que ingressarem no País como refugiados ou amparados por acordos de cooperação técnica internacional, como o programa Mais Médicos. A medida consta no Projeto de Lei 5520/16, do deputado Ezequiel Fonseca (PP-MT). Segundo o parlamentar, os médicos cubanos recebem quantia inferior aos demais profissionais inscritos no programa, por conta de repasse de parte da bolsa para o governo cubano. Para Fonseca, isso configura “condição de escravidão ou, no mínimo, servidão”. “Como o Brasil se obriga no plano interno e externo a rechaçar qualquer tipo de escravidão ou servidão, não deveria admitir em seu território a ocorrência dessa situação”, argumenta Fonseca. A ideia do parlamentar é permitir que os médicos cubanos permaneçam no Brasil se assim o desejarem, “podendo exercer seu ofício de acordo com as leis brasileiras”. O texto é semelhante ao PL 6282/13, do ex-deputado e atual senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), o qual foi arquivado. O projeto altera o Estatuto do Estrangeiro (Lei 6.815/80). A lei atual estabelece que, para obtenção de visto permanente, a pessoa originária de outros países deverá satisfazer as exigências previstas nas normas de seleção de imigrantes, estabelecidas pelo Conselho Nacional de Imigração. De caráter conclusivo, a proposta será analisada pelas comissões de Relações Exteriores e de Defesa Nacional; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
 
 

Enviado por Da Redação - 17.3.2017 | 16h17m
#Saúde
Teste rápido de Zika vírus começa a ser distribuído na Bahia

Teste rápido de Zika vírus começa a ser distribuído na Bahia
Já começou a distribuição de 307 mil testes rápidos para o diagnóstico de infecção por Zika Vírus na Bahia. O dispositivo distribuído pelo Ministério da Saúde foi desenvolvido e produzido pela Bahiafarma, laboratório público do Estado da Bahia, o primeiro do País a obter registro, na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para um teste sorológico rápido de identificação da Zika. Este é o primeiro lote enviado pelo Ministério da Saúde para o Estado e corresponde a mais de 50% do total previsto para o ano de 2017. A expectativa é que, em até 15 dias, o lote esteja disponível, prioritariamente, nas maternidades e laboratórios públicos de todas as regiões da Bahia. A tecnologia do teste rápido indica, em até 20 minutos, se o paciente está infectado ou se já teve contato com o vírus da Zika em algum momento da vida. “Com o dispositivo, é possível identificar infecção recente em populações de risco, como gestantes e recém-nascidos, para prover assistência e orientações adequadas, por meio do acompanhamento de toda a gravidez e do desenvolvimento neuropsicomotor da criança”, afirma o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas. De acordo com dados da vigilância epidemiológica, em 2016 foram notificados mais de 57 mil casos de Zika na Bahia. Apenas até 21 de fevereiro deste ano, já foram registradas 469 notificações. O Ministério da Saúde adquiriu 3,5 milhões de unidades do teste, que estão sendo distribuídas para a rede pública de todo o Brasil, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).
 
 
 

Enviado por Rafael Velame - 17.3.2017 | 6h00m
#Foguetinho
Foguetinhos Velamados

*O boletim da Secom/Feira é mais sem graça que piada sobre holocausto. 
 
*Irmão Lázaro não é deputado de Feira e ponto final.

*Em Brasília, José Ronaldo é guiado pelo deputado Paulo Azi.

*Zé Neto é dono de 99.99% dos cargos do estado em Feira.
 
*Vai ter Uber em Feira, sim! 

*Zé Filé até agora tem se mostrado uma boa surpresa na Câmara.

*Cadmiel já ganhou um apelido: vereador nascituro.  

*Governo Temer é um conto de falhas.

*Toda história tem 3 lados: o seu, o meu e os prints.
 
 
 

Enviado por Rafael Velame - 16.3.2017 | 20h37m
#Foguetinho
O coerente e os incoerentes

O coerente e os incoerentes
Cabe moção de parabéns ao vereador José Carneiro (PSDB) por sua posição diante do projeto que permite reeleição para presidente da Câmara de Feira de Santana.  Carneiro, que é líder do governo, se manteve coerente a emenda votada por ele em novembro de 2016 que impossibilitava a reeleição do presidente e membros da mesa diretiva.  A nova emenda que agora volta a permitir reeleição parece querer reproduzir no legislativo feirense um novo “Marcelo Nilo”, o deputado estadual que permaneceu na presidência da Assembleia por longínquos dez anos.   
 
 
 

Enviado por Da Redação - 16.3.2017 | 8h34m
#Câmara de Feira
Vereadores aprovam reeleição da Mesa Diretiva

Vereadores aprovam reeleição da Mesa Diretiva
Os vereadores da Câmara Municipal de Feira de Santana aprovaram, nesta quarta-feira (15), na Casa da Cidadania, a proposta de emenda nº 109/2017, que altera o artigo 50 da Lei Orgânica do município permitindo a reeleição da Mesa Diretiva. A proposta é de autoria do vereador Isaías de Diogo (PPS) e foi aprovada por maioria em primeira discussão. De acordo com a redação da proposta, “no primeiro ano de cada Legislatura, a Câmara Municipal, composta pelos membros eleitos na última eleição, reunir-se-á no dia 1º de janeiro, para dar posse aos vereadores, prefeito e vice-prefeito e eleger sua Mesa Diretora para o mandato de dois anos, podendo ser reconduzidos para os mesmos cargos na eleição subsequente para mais um mandato”. A matéria teve os votos contrários dos vereadores José Carneiro Rocha (PSDB) e Roberto Tourinho (PV) e as abstenções dos edis Eremita Mota (PSDB) e Edvaldo Lima (PP), que prontamente se justificaram. “Essa é uma postura pessoal. O Governo Municipal não tem nenhuma posição sobre essa questão e cada um vota como quiser. Não tenho nada contra Ronny e ele sabe disso, só não entendi porque ano passado aprovamos aqui um projeto que proíbe a reeleição e três meses depois querem aprovar outro que permite. Desistiram da proibição? A Casa aprovará, mas não terá meu voto”, garantiu José Carneiro.  Também detentor do voto contrário, o edil Roberto Tourinho afirmou que não concorda com a proposta de reeleição da Mesa Diretiva. Fez uma volta ao passado, onde elogiou vários ex-presidentes, e revelou que ano passado teve seu nome cogitado por alguns vereadores para concorrer a eleição da Mesa Diretiva como presidente. “Chegamos a nos reunir  e até montar chapa, mas sempre evitei falar do assunto com a imprensa, desafio se algum membro tem qualquer gravação minha tratando do disso”, revelou.  Com o voto de abstenção, a vereadora Eremita Mota (PSDB) afirmou ser contra a ideia de reeleição da Mesa Diretiva e relatou que ano passado tinha certeza de que o colega Roberto Tourinho disputaria a eleição e queria garantir a ele seu voto. “Tourinho chegou a ter nove votos. Não sei porque depois cada um tomou um rumo. Mas, quero aqui parabenizar o vereador Ronny, por duas vezes conseguir se eleger presidente da Casa com maioria esmagadora dos votos. Admiro muito sua maneira de conversar com os colegas e obter os votos”, elogiou
 
 

Enviado por Da Redação - 16.3.2017 | 8h31m
#Assembleia
Geilson defende Programa Escola Sem Partido

Em defesa da Escola Sem Partido, o deputado estadual Carlos Geilson (PSDB) criticou a entrevista da Procuradora dos Direitos dos Cidadãos, do Ministério Público Federal, Deborah Duprat. Ao Canal 3, ela defende que a educação das crianças é de responsabilidade da escola, e não dos pais. “Como deixar a educação das crianças para os professores? Sendo assim, vamos deixar que os professores transmitam para os filhos dos outros, suas próprias convicções religiosas e morais?”, questionou o parlamentar. Para Geilson, essa ideia é indiscutivelmente equivocada. “No meu entender, a Escola sem Partido é a melhor opção para o nosso país”, frisou. De acordo com o deputado, o Programa Escola Sem Partido não é uma invenção, nem algo novo. Todos os deveres que estão previstos neles já existem, pois decorrem da Constituição Federal e da Convenção Americana sobre Direitos Humanos. “Logo, os professores já são obrigados a respeitá-los, embora muitos não o façam e usam a sala de aula como manobras políticas, para inclinar os estudantes às suas convicções político-religiosas”, alfinetou Geilson. Geilson ainda elogia o posicionamento de Miguel Nagib, do Movimento Escola sem Partido. Na mesma entrevista, ele critica a fala da procuradora do Ministério Público Federal, que acha que a “escola é um lugar estratégico para o fim das ideologias religiosas”, Para ele, isso fere o estado laico. “Senhores e senhoras, é preciso que os professores respeitem os direitos dos pais a que seus filhos recebam a educação moral que esteja de acordo com suas próprias convicções. Deixar que os professores eduquem nossos filhos é deixar que as escolas sejam massas de manobras de um determinado grupo político. E isso não pode existir!”, concluiu o deputado.
 
 

Enviado por Agência Senado - 15.3.2017 | 8h08m
#Brasília
PEC prevê licença natalidade de 180 dias

A Proposta de Emenda à Constituição nº 110/2011, de autoria da senadora Marta Suplicy (PMDB-SP), pode criar a licença natalidade de 180 dias a ser concedida a qualquer dos pais, em substituição à licença à gestante, de 120 dias. O texto mantém a licença paternidade de 15 dias e estende o direito a ambos os pais, inclusive em casos de adoção. O texto prevê também a proibição de diferença de salário, de exercício de funções e de critério de admissão por motivo de sexo, orientação sexual, identidade de gênero, idade, cor ou estado civil. Atualmente, a proposta encontra-se em análise na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Todas as propostas que tramitam no Senado Federal estão abertas para consulta pública por meio do portal E-Cidadania.
Confira: http://www12.senado.leg.br/ecidadania.
 
 
 
 


 
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
2017
Mar | Fev | Jan |
 
2016
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2015
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2014
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2013
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2012
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2011
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2010
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2009
Dez | Nov | Out | Set | Ago |
Jul | Jun | Mai | Abr | Mar |
Fev | Jan |
 
2008
Dez | Nov |
 
 
 
A Tarde
Abordagem Policial
Acorda Cidade
Agora na Bahia
Agravo
Bahia Já
Bahia Notícias
Bahia.ba
Barbarella Moderna
Bebi Esse
Bicho do Tomba
Blog Daniele Barreto
Blog de Mário Kertész
Blog do Gusmão
Blog do Jair Onofre
Blog do Kuelho
Bocão News
Bom dia Feira
Caldeirão do Paulão
Calila Notícias
Carlos Geilson
Central de Polícia
Cláudio Humberto
Congresso em Foco
Correio da Bahia
Correio Feirense
Edson Borges
Eduardo Leite
Em Busca do Sim
Feirenses
Fernando Torres
Folha do Estado
Generación Y
Improbabilidade Infinita
Interior da Bahia
Jeitosa
Josias de Souza
Klube do Rafa
Luiz Felipe Pondé
Observatório da Blogosfera
Opinião e Política
Pimenta na Muqueca
Polícia é Viola
Política Hoje
Política Livre
Por Escrito
Por Simas
Reginaldo Tracajá
Reinaldo Azevedo
Ricardo Noblat
Segurança em Foco
Sid Caricaturas
Tabuleiro da Maria
Teia de Notícias
Transa Revista
Tribuna da Bahia
Tribuna Feirense
TV Geral
Valter Vieira
Viva Feira
Vladimir Aras
   
 
 
 
Perfil   Arquivo   Contato   Anuncie   Webmail
Assine o RSS
  Copyright © 2017 Blog do Velame. All rights reserved. by Tacitus Tecnologia  
Página Inicial